segunda-feira, 27 de junho de 2022

Casa vitoriana

 Olá meninas, boa noite.

Hoje vou contar-vos a história desta casa.

Esta casa pertence à mesma família há algumas gerações. O seu estilo arquitectónico nada tem de comum com as casas que se construíam em Portugal, como se constata pelo modelo que apresenta.

Hello girls, good night.

Today I will tell you the story of this house.

This house belongs to the same family a few generations ago. Its architectural style has nothing in common with the houses that were built in Portugal, as can be seen from the model it presents.

Tem um aspecto vitoriano porque a sua bisavó casou, após a 1ª Grande Guerra, com um inglês que veio até Portugal estudar as aves migratórias do nosso país. Numa dessas explorações, passou numa aldeia da Beira e aí conheceu a menina Mariquinhas, filha de um lavrador abastado. Foi amor à 1ª vista.

This house has a Vitorian look because her great grandmother got married, after the 1st Great War, with an Englishman who came to Portugal to study the migratory birds of our country. In one of these explorations, he passed a village in Beira and there she met the little girl Mariquinhas, the daughter of a wealthy farmer. It was love at 1st sight.

Mariquinhas casou com Mr. Taylor, Oliver com a condição de não saírem da aldeia. Mr. Oliver Taylor concordou e resolveu construir numa das quintas da menina Mariquinhas uma casa à moda da sua terra natal. E assim, numa aldeia da Beira surgiu uma casa vitoriana, para espanto de toda a aldeia.

A família foi aumentando com o passar dos anos e assim, chegamos à nossa D. Ceuzinha. 

The family grew over the years and that's how we got to our Mrs. Ceuzinha.

D. Ceuzinha é viúva, mãe de dois rapazes e uma rapariga. Todos eles, fizeram o que milhares de portugueses fizeram: tiraram o seu curso e rumaram a Lisboa e a Coimbra, ficando D. Ceuzinha, na aldeia, com as suas recordações. 

D. Ceuzinha is a widow, mother of two boys and a girl. All of them did what thousands of Portuguese did: they took their course and headed for Lisbon and Coimbra, leaving D. Ceuzinha, in the village, with her memories.

Os filhos são solteiros e a filha é divorciada e tem uma filha, uma jovem estudante de arquitectura,  Desde pequenita que ela adora ir passar as férias grandes com a avó "Zinha" - como ela carinhosamente, lhe chama.

Her children are single and her daughter is divorced and has a daughter, a young architecture student. Since she was a little girl, she loves to spend the big holidays with her grandmother "Zinha" - as she affectionately calls her.

Por estas razões, D. Ceuzinha resolveu fazer uma "revolução" na sua casa, modernizando muito pormenores e adaptando-a aos dias de hoje.

For these reasons, D. Ceuzinha decided to make a "revolution" in her house, modernizing many details and adapting it to the present day.

Manteve a mobília de quarto de seus pais e mais algumas peças - poucas - e resolveu alterar a disposição de quase todas as divisões da casa, mas deixou o quarto na mesma divisão. Farta daquele tom avermelhado, horrível, da mobília resolveu alterar-lhe a a cor, mas aqui, manteria um estilo clássico.

She kept her parents' bedroom furniture and a few more pieces and she decided to change the layout of almost every room in the house, but left her room in the same room. 

Fed up with that horrible reddish tone of the furniture, she decided to change the color, but here, she would keep a classic style.

Que fazer? D. Ceuzinha, apesar dos setenta anos mantinha-se muito activa e resolveu deitar mãos à obra. 

What to do? D. Ceuzinha, despite being seventy years old, remained very active and decided to get to work.

Assim, foi à loja de tintas da aldeia e escolheu um azul levemente, acizentado e meteu mãos à obra. No final deu-lhe uma "patine" dourada.

So she went to the village paint shop and chose a slightly grayish blue and got to work. In the end she gave him a golden "patine".

O texto vai longo e ainda não viram nenhuma foto, mas a história de uma família não se conta em duas palavras. Peço um pouco mais de paciência que as fotos vêm já aí.

The text is long and you haven't seen any photos yet, but the story of a family cannot be told in two words. I ask for a little more patience as the photos are coming soon.

Começou pelo toucador:

She started with the dressing table:


O toucador já um pouco enfeitado. Ainda faltam uns pormenores mas virão a seu tempo. O banquinho do toucador foi pintado a condizer, bem como a cadeira. Esta ainda tem de ser estufada a condizer com a banqueta:
The dressing table has already been lightly decorated. There are still some details missing but they will come in time. The vanity stool was painted to match, as was the chair. This one still has to be stewed to match the stool:

                           

 Os acessórios de momento:

Current accessories:



O leque na sua caixa - foi oferta da Juliana do Forum Casita Mini (obrigada, mais uma vez)

The fan in its box - was a gift from Juliana from Forum Casita Mini (thanks, again)



Em seguida passou ao roupeiro. Foi pintado e forrado interiormente, para dar um ar mais cuidado.
Then she went to the closet. It was painted and lined inside, to give it a more careful look.



A mesa de cabeceira, com as respectivas gavetas forradas:
The bedside table, with its lined drawers:





Para já o quarto encontra-se assim. Os pormenores espalhados pelo quarto fazem parte da prenda da Juliana.
For now the room is like this. The details scattered around the room are part of Juliana's gift.


Ainda tem de tratar da cama: lençóis. colcha, almofadas...

Espero que tenham gostado.

She still has to take care of the bed: sheets. bedspread, pillows, etc.

I hope you enjoyed.



quinta-feira, 19 de maio de 2022

Vamos tentar voltar ao nosso convívio - I wil try to visit you more often

 Não há qualquer desculpa para esta minha ausência, a não ser aquela que quase todas nós temos mas quanto a mim a maior de todas - e que não é nada desculpável - é o desabituarmo-nos de vir aqui. Esta  atitude é muito feia e  pouco delicada mas apesar de tudo, espero que me perdoem.

There is no excuse for my absence,unless to lose the habit of using the blog. In spite of all the other ways of communicating, I still find this one the most enjoyable. I apologize for this lack of mine.

Durante este período não fiz muitas minis - tenho muito mais coisas que também gosto de fazer - mas algumas foram aparecendo.

I made few miniatures during this period, but a few were appearing.

A minha casa vitoriana sofreu um grande "acidente" com a ajuda do meu neto mais novo quando ele tinha 5 anos. Em 2019, o pai dele restaurou os desastres e electrificou-a toda. O resultado da electrificação foi fabulosa e agora, está a ser decorada, novamente.

My Victorian house had a major "accident" with the help of my youngest grandson when he was 5 years old. 

In 2019, his father restored the disasters and electrified the whole thing. The result of the electrification was fabulous and now I,m decorated it again.

                                                                                 




                                                       Todas as divisões iluminadas                           

                                                                  All rooms are lit


                                Mas podemos iluminar uma divisão de cada vez, à nossa vontade.

                                        But we can light up one room at a time, at we will.



                                                                    Com LED


Todas as divisões iluminadas 
But we can light up one room at a time, at will.







Interior da parte frontal.

                                                                            Front interior.



Agora, vamos a "vesti-la".

We must decorat it.

Um beijo para todas.

Thanks to you.

sábado, 12 de fevereiro de 2022

terça-feira, 16 de março de 2021

 


sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Trono a Santo António

 Meu Deus! Há quantos meses, eu não aparecia... Peço imensa desculpa mas a vida, às vezes a isso nos obriga.

Oh, my God!!!  So many months, without writhing a word, but sometimes the life...

Tenho esperança que as coisas normalizem e não estejamos tanto tempo separadas.

I hope the things work out and I show up more often.

Agora que me desculpei, vou mostrar-vos uma das poucas coisas que fiz.

Now that I’ve apologized, I’m going to show you one of the few things I’ve done.

Quando eu era pequenita, as crianças costumavam fazer um trono a Santo António, muito rústico claro.

When I was little, the  children used to make a very rustic "throne"for Santo  António.

Todos os alfacinhas se lembram. Era uma banco de cozinha coberto com um pano bonito e uma estatuetazita de Santo António, enfeitado com umas pequenas flores. Alguns, mais ricos tinham uma escadaria imitando um altar.

It was a kitchen bench covered with a beautiful cloth and a small figurine of Santo António, decorated with small flowers.

Esses "tronos" eram colocados à porta da casa onde as crianças moravam e estas pediam, a quem passava, "um tostão"  para o Santo António.

These "thrones" were placed at the door of the house where the children lived and they asked, who passed, "um tostão" to Santo António.

Para os mais novos, um tostão hoje é o equivalente a 0,0005 € mas dava para comprar um rebuçado.

For those who don't know, "um tostão" today is the equivalent of € 0.0005 but we could buy a candy.

Isto passava-se na década de 40, início dos anos 50.

This happened in the 40's, early 50's.

Há bastantes anos, que pensava fazer um altar a Sto António como recordação desses tempos, mas ia sempre adiando.

Many years ago, I thought of making an altar to Sto António as a reminder of those times, but I kept postponing it.

Agora, um pouco de História:

A tradição remonta ao século XVIII, altura em que se começaram a construir pequenos tronos em homenagem ao santo mais popular de Lisboa. Inicialmente o motivo era urgente: reconstruir a Igreja de Santo António, parcialmente destruída pelo terramoto de 1755. Os populares (e muitas crianças) faziam pequenos altares e pediam “um tostão por Santo António”.

Now, a little bit of Portugal's history:

The tradition goes back to the 18th century, when small thrones began to be built in honor of the most popular saint in Lisbon. Initially, the reason was urgent: to rebuild the Church of Santo António, partially destroyed by the 1755 earthquake. The people (and many children) made small altars and asked for “a penny for Santo António”.

O meu não tem nenhuma escala em especial, foi feito tentando imitar um dos tronos mais ricos, que eram raros, mas um pouco mais pequeno, de acordo com o tamanho da estatueta e dos vasos, que foram feitos â escala 1/12.

Mine doesn't have any scale in particular, it was done trying to imitate one of the richest thrones, which were rare, but a little smaller, according to the size of the statuette and the vases, which were made at 1/12 scale.






O Santo António e os vasos de manjericos foram comprados a amigas - o Sto. António é da Aligradolls.

Foi uma tarde bem passado e mais uma ideia antiga, já concretizada.

Santo António and the pots of "manjericos" - type of basil -  were bought from friends - Sto. António is from Aligradolls.

It was an afternoon well spent and another old idea, already realized.

Um abraço para todas.

Hugs for alll.