Seguidores

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sorteio da Marja


 Marja está a fazer um sorteio para celebrar os 100 seguidores do seu blog.
Se te quiseres candidatar deixa uma mensagem em

http://marjabalvers.blogspot.com/

Os casacos/quispos dela são preciosos.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Conjunto de baptizado

Uma das visitantes da exposição que se realizou em Cascais, nos meses de Maio e Junho de 2009,  Graça Soeiro, agradou-se dos meus vestidos de baptizado, em tricot e contactou-me no sentido de lhe fazer um conjunto já que os que ali se encontravam expostos, não se destinavam a venda.

Este foi o conjunto escolhido.

Conjunto composto por vestido, touca, babete e botas


Touca e botas


Babete


Vestido completo



Pormenor da barra do vestido



Este conjunto foi feito em linha DMC, nº.80 e com agulhas nº. 21, de 0,8mm.

Já foi entregue à sua nova dona que, pelo que me comunicou, o apreciou bastante.

Recebi, com muito agrado, fotografias da Casa Rústica de Graça Soeiro, onde se pode ver o lugar que foi destinado ao conjunto de baptizado, bem como a malinha que me adquiriu, em Cascais.
Podem ver estas peças no quarto de casal que tem uma decoração, na minha opinião, muito feliz.
Os padrões dos tecidos escolhidos formam um conjunto muito agradável tornando o quarto um lugar onde aquela família, certamente, passa noites muito felizes.
Aqui têm uma vista geral do quarto, onde se pode ver a malinha, em cima do baú, aos pés da cama e uma outra fotografia da parte direita do quarto, onde se pode ver melhor o conjunto de tricot.



Aproveito para vos mostrar algumas fotos da Casa Rústica da Graça Soeiro, que apesar de tão bonita ela pretende redecorar.


Mais uns aspectos do quarto de casal

Reparem como os tecidos coordenados estão tão bem escolhidos.





Quarto de banho



Vista da cozinha




Salão
  
O sofá orelhudo da sala. É bonito, não é?





A mesa está muito bonita, não acham? E tem a vantagem de que os convidados podem comer à vontade. Esta comida é light.

Sotão


Alpendre



Não acham que temos de convencer a Graça a criar o seu blog a fim de podermos ter acesso mais facil às coisas tão bonitas que faz?

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Conjunto "Anos 50's"

Na onda dos chapéus, após ter feito um tipo "cloche", houve uma pessoa que me sugeriu fazer uma malinha e, também, umas luvas a fazer conjunto.
Resolvi lançar mãos à obra.
                                 
                                  

Em seguida, surgiu a ideia de um fato de saia e casaco, a condizer.

Comprei um anel, nos chineses e com um alicate desmanchei-o, tendo aproveitado diversos elementos. Com um deles, fiz um alfinete de peito

                                  

O conjunto final foi este.

                                                          


Resolvi que este conjunto merecia estar um pouco reservado e assim, forrei uma caixa para servir de ambiente e outra mais pequena que daria uma perspectiva com dois planos diferentes.


                                    

               


A pessoa a quem ofereci este ambiente ficou muito agradada.


sábado, 24 de abril de 2010

Boutique Infantil

Bastante satisfeita com a experiência de roupinhas em tricot, pensei montar uma boutique de roupa para crianças.

A estrutura originária da Euro Minis que comprei com essa ideia, infelizmente, vinha com defeito: a moldura de uma das montras não encaixava na abertura. Teve de se lhe fazer uma alteração e veremos se não ficará defeituosa.

A estrutura exterior do ambiente encontra-se montada, excepto a fachada.
É constituída por 3 partes: montra direita, porta de entrada central e montra esquerda.

A fachada principal é fixa, sendo o telhado a levantar para dar acesso ao interior da loja.

Como não tenho tido disponibilidade para tratar da decoração do ambiente, tenho-me dedicado à confecção das roupas.

Podem ver aqui alguns dos vestidos de baptizado.
Este vestido, o primeiro, foi feito com linha nº.20 (que considero excessivamente grossa, para estes trabalhos) e o ponto é conhecido como "Rosas de Portugal".




Este foi feito em "Malha de Pavão, com a mesma linha.





Depois, foi o que veio à imaginação, o que vi em revistas antigas, em revistas de miniaturas, revistas de roupas de bebé ou na Internet.

Estes últimos, nunca foram uma cópia total dos que vi.
Umas vezes tirava a ideia para uma nova maneira de fazer as mangas, outras uma malha que me lembrava outra semelhante e que eu adaptava a esta escala, etc.

Nunca tinha feito anteriormente, renda com duas agulhas.
Era uma coisa que gostaria de experimentar mas não tinha nenhum esquema, por onde me pudesse guiar.

Assim, quando vi um vestido semelhante a este - peço desculpa à autora - tentei fazer uma renda para a parte de baixo do vestido baseada na imagem.

Claro que não havia qualquer esquema e, assim, fiz uma adaptação que me pareceu que ficaria harmoniosa.






Uma colega de um grupo de minis a que pertenço - a Cristina da "Casinhas de Bonecas" - , enviou-me uma página de uma revista onde vinha um vestido semelhante a este. E assim, surgiu mais um.   






Quando me encontrava em recuperação de um problema que me manteve internada no hospital por umas semanas, resolvi fazer um vestido como o anterior.


Como não tinha o modelo, fui fazendo ao sabor da memória e da imaginação. Este modelo bem como os seguintes foram realizados com linha DMC nº. 80.
Saiu este:





Baseado no ponto anterior, resolvi fazer mais duas pecinhas.












Resolvi fazer mais umas peças para este ambiente e, desta vez, decidi-me por fazer umas envoltas semelhantes àquelas que se usaram na década de 70 e que, segundo parece, voltaram a estar em moda.


A 1ª, à semelhança das de então, tem uma parte central e em toda à volta um folho em ponto arrendado, enfeitado com uma fita que dá uns laços, em cantos opostos.
A parte central, podia ser lisa ou em ponto trabalhado; optei por esta última hipótese.







Esta é mais tipo mantinha.









Espero que gostem destes trabalhos que tanto prazer me deram ao fazer.

Primeiras tentativas em tricot

Como gosto muito de tricotar, algum tempo depois de me iniciar neste mundo das miniaturas, (há alguns anos) resolvi experimentar fazer umas roupinhas em tricot, nesta escala.
Some years ago, I decided to try knitted some clothes because I love to knit.

A primeira dificuldade com que me deparei, foi encontrar o material necessário: lãs e agulhas. Nada encontrava que satisfizesse aquilo que pretendia: lã fininha (mesma a chamada "lã industrial" me parecia demasiado grossa) e agulhas suficientemente finas, nem pensar.
The first difficulty that I encountered was finding the necessary materials: wool and needles.Found nothing that satisfied what they wanted: thin wool called "wool industry" seemed too thick) and sufficiently thin needles, no way.

Iniciada há pouco tempo nas lides da Internet, comecei a pesquisar e encontrei o que procurava.
No dia em que o funcionário dos Correios me entregou um envelope que me trazia um par de agulhas com a espessura de 1,2mm (nº. 18) e uns novelos de lã mesmo muito fininha, senti-me nos céus.
Launched recently in the cares of the Internet, began researching and found what I was looking for. When the package arrived, I felt very happy.

Após muitos metros de lã deitados ao lixo, consegui finalmente fazer algumas peças. As medidas quer em malhas quer em voltas, foram todas adaptadas aos habitantes da minha casa.
After several meters of wool lying in the garbage, I finally make some pieces.stitches or turns were all adapted to the inhabitants of my house.
Eis o resultado dessa teimosia:

Conjunto de menina pequena
Set for girl




Saco de dormir de bebé
Sleeping bag baby




Camisola raglã jacquard
Jacquard raglan sweater



Casaquinho de dormir e sapatinhas de quarto
Coat bed and slippers


Pullover






Manta de bebé
Baby blanket




Xaile
Shawl




Casaquinho de senhora
Lady coat




Pullover sem mangas




Outro xaile
Another shawl





Casaco de menina
Girl sweter


Mais um xaile
Another shawl





Conjunto para bebé
Baby set





Fiquei bastante satisfeita com as tentativas. Vou fazer novas experiências, sem dúvida.
I was quite pleased with the attempts. I'll make new experiences, no doubt.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Malas, malinhas e maletas -Bags, little bags and...



Há uns tempos atrás, resolvi experimentar fazer alguns tipos de malas de senhora.
Num encontro que um dos Foruns a que pertenço - http://www.gincas.net/ginasio/index.php (Casas de Bonecas) - realizou no INETI, um dos elementos, a Cilocas - http://www.flickr.com/photos/cilocas/sets - levou um molde de uma mala.
Achei o modelo pela sua simplicidade, adequado a uma primeira tentativa.
Some months ago, I decided to try to make bags. I found a simple template and...

Juntamente com o molde da maleta, ofereceu uma série de retalhos de pele bastante finos, o que os tornavam bastante adequados a esta escala. Foi o pontapé de saída para uma série de experiências. Obrigada Cilocas.

O primeiro exemplar saiu assim:
Hear is the first experience:



Mudando a pele, o aspecto da mala altera-se.
Skin changed:



Mudei a pele e as ferragens, o que deu um novo ar a uma colecção em que as malas apesar de semelhantes são todas diferentes. Confeccionadas para ofertas a amigas.
Some bags to give to friends



Como podem ver, bastou uma leve mudança da ferragem.

A experiência no campo da "marroquenerie" agradou-me altamente, e resolvi então fazer experiências, com outros modelos.
Estava tentada a fazer uma maleta tipo "Mala vitoriana de viagem", mas adaptada aos tempos de hoje.
This attempt liked me and decided to do  a Victorian bag.

Iniciando uma pesquisa pela Internet, encontrei diversos modelos que experimentei fazer com tecidos. Os resultados não me satisfizeram.
I found several models in internet and I tried, firstly with fabrics and after with skin.

Mesmo utilizando um "fray check", o acabamento não ficava tão perfeito quanto desejaria e apesar de escolher tecidos finos, as diversas costuras que era obrigada a fazer, davam um ar muito cheio às maletas ficando o resultado final muito pouco perfeito.
Entretanto, encontrei numas lojas de tecidos, napas bastante finas e pensei que resultariam muito melhor do que os tecidos já que, logo à partida, tinham a vantagem de não desfiarem.
It was not skin but a very thin “napa”.

As experiências que fiz com tecidos, trouxeram outra vantagem: conclui que as dicas de confecção não resultavam em pleno e os modelos não eram os adequados.
Assim, desenhei um modelo adequado à maneira como pensava montar a maleta que tinha em vista.
I drew a model appropriate to the way he thought fit the bag.


Deitei mãos à obra e, depois de diversas tentativas, apareceu um conjunto de viagem em imitação de pele  com enfeites em verniz preto, constituído por 2 maletas de diferente tamanho, carteira de documentos e porta moedas.
After several attempts, I make a set of imitation crocodile skin decorated in black lacquer, consisting of two suitcases, document wallet and purse.





Com bolsinha lateral para telemóvel.
With side pocket for mobile.





A abrir, como desejava.
Opening








Comparação:




Experimentando novos modelos.
Trying new models














Um modelo diferente: Malas-sacos
Another one







Uma mala saco de viagem.








Mais um comjunto, tipo vitoriano. Este conjunto foi feito em tecido de algodão.
Another Victorian set in cotton fabric.




Ultimamente, não tenho feito malinhas mas, como é um tema que me agrada imenso qualquer dia volto a ele e tentarei novos modelos, claro.
For now, I am not making bags but this theme please me and I’ll try again new models.
Havia um pormenor que eu queria que estivesse presente - as maletas dever-se-iam poder abrir e fechar.
I wanted the bags could open.